Foco no campo e não nos salários atrasados

Junior César diz que atletas não querem mais falar sobre salários

Por: Bruno Souza

O assunto salários atrasados, é o mais comentado nas entrevistas coletivas dos jogadores alvinegros, mas o lateral-esquerdo Junior César em entrevista no dia de hoje, demonstrou estar focado apenas em tirar o Botafogo da situação ruim em que se encontra no campeonato e disse que os jogadores não querem mais falar sobre os problemas salariais enfrentados em 2014:

- Uma coisa que nós comentamos à respeito, aqui, no dia de ontem,é de que nós não queremos mais comentar sobre salários. A partir dessa semana, é ter tranquilidade, ter trabalho e fazer acontecer dentro das partidas - salientou o Junior César.

Junior César diz que elenco não quer mais falar sobre salários atrasados.         Foto: Divulgação.
No sábado, o Botafogo terá uma dura missão pela frente, quando enfrentará o líder Cruzeiro no Maracanã. Junior César reconheceu a qualidade do time mineiro, mas lembrou que o jogo de sábado é uma boa oportunidade para o time fazer o seu melhor:

- O Cruzeiro é uma equipe com jogadores muito qualificados, por isso tem feito a diferença dentro da competição. Mas o jogo de sábado, é uma oportunidade que nós temos dentro da nossa casa, de fazer o melhor e quando você faz o melhor, você se aproxima muito de alcançar os objetivos - finalizou o lateral do Botafogo.

Junior César que havia cumprido suspensão no último jogo do time no Brasileirão, voltará ao time na partida contra o Cruzeiro.

Criado dia 30/07/2014, às 21:15.

Regularizado, atacante enfim poderá fazer sua estreia pelo Botafogo

Sem poder ser regularizado a tempo de enfrentar o Flamengo, o atacante Rogério, contratado junto ao Náutico, finalmente poderá fazer sua estreia pelo Botafogo. O jogador foi regularizado nesta terça-feira e está apto para ir a campo no próximo sábado, quando o Glorioso irá enfrentar o Cruzeiro, às 18h30m.

Em contrapartida, Vágner Mancini não poderá contar com o volante Airton, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Flamengo e será desfalque para o próximo fim de semana.



Por: Igor Melo

Com preços entre R$ 20 e R$ 160, ingressos para Bota x Cruzeiro começam a ser vendidos hoje

Começaram hoje a venda dos ingressos para a partida entre Botafogo x Cruzeiro, que acontecerá neste sábado, às 18h30m, no Maracanã. A partida válida pela 13 rodada terá valores entre R$ 20 e R$ 160. Há meia entradas para estudantes e as gratuidades serão apens nos setores Sul e Norte.

PREÇOS DOS INGRESSOS:

- Atrás dos gols

Sul Inferior Nível 1B e 1C: R$ 40 (R$ 20 meia)
Sul Superior Nível 2B e 2C: R$ 40 (R$ 20 meia)
Sul Superior Nível 5A: R$ 40 (R$ 20 meia)
Norte Superior Nível 2E visitante: R$ 40 (R$ 20 meia)

- Setor central

Oeste Inferior A: R$ 60 (R$ 30 meia)
Leste Inferior D: R$ 60 (R$ 30 meia)
Maracanã Mais A: R$ 160 (R$ 100 meia)*
* O valor se refere à entrada (R$ 120 inteira e R$ 60 meia) mais R$ 40 de serviço

POSTOS DE VENDA ANTECIPADA: www.futebolcard.com

- Quarta de 12h às 17h, quinta e sexta de 10h às 17h
Maracanã – Bilheteria 01 – Avenida Maracanã
General Severiano – Avenida Venceslau Brás 72 – Botafogo
Stadium Rio – (Bilheteria Norte – Botafogo) – Engenho de Dentro
Caio Martins – Av. Presidente Backer s/nº – Niterói
Cariocas FC – Rua Dias da Cruz, 255 – Shopping Méier
Hawaii Sports – Estrada do Monteiro, 1.200, Loja 105 G – Park Shopping Campo Grande
Hawaii Sports – Av. Ayrton Senna, 3.000 – Via Parque Barra da Tijuca

VENDA NO DIA DO JOGO

- De 10h às 13h
General Severiano

- De 10h às 19h15
Maracanã



Por: Igor Melo

'Afogado' em dívidas, Botafogo teve recorde de receitas em patrocínio nesta temporada

Mesmo vivendo uma enorme crise financeira, o Botafogo conseguiu um recorde de receitas neste ano de 2014. Apenas com a Guaraviton e a Telexfree, o Bota conseguiu arrecadar cerca de R$ 30 milhões, valor que foi parcelado em R$ 2,5 mi mensais, valor da folha salarial do elenco profissional.

O problema é que o clube usou o valor arrecadado para pagar diversas dívidas antigas, o que acarretou nos três meses de salários atrasados, fora os direitos de imagens e o FGTS. Na manhã da última terça-feira, jogadores, dirigentes e comissão técnica tiveram uma longa reunião buscando alternativas para contornar a grave crise que o clube vem vivendo.



Por: Igor Melo

Torcedores botafoguenses pedem impeachment de presidente em site

Petição pede a saída de Maurício Assumpção do comando do clube

Por: Bruno Souza

A relação do presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, com a torcida do clube, é a cada dia mais complicada e parece caminhar para um final de mandato que não deixará saudade nos torcedores alvinegros.

Assumpção é alvo de petição exigindo sua saída do comando do clube.          Foto: Agência Estado.
Após ver a sede do clube ter sido invadida por torcedores revoltados com a difícil situação financeira que o Botafogo atravessa, os torcedores botafoguenses criaram mais uma forma de protestar contra o mandatário alvinegro. Circula na internet, uma petição onde torcedores pedem o impeachment de Maurício Assumpção, em prol da entrada de uma diretoria mais "profissional e transparente", segundo diz a descrição da petição pública.

A petição pode ser encontrada no link: http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR73442 e em poucas horas no ar, já conta com mais de 300 assinaturas de torcedores alvinegros.

Criado dia 29/07/2014, às 21:20.

Botafogo sofre com a falta de tranquilidade para marcar os gols

Treinador alvinegro diz que ataque precisa de mais calma para finalizar com eficiência

Por: Bruno Souza.

Os gols perdidos pelo time do Botafogo durante as últimas partidas, vem chamando a atenção de quem acompanha o clube. Na última partida, o ataque alvinegro desperdiçou  boas chances - uma em lance inacreditável de Zeballos - e não conseguiu balançar as redes do Flamengo, no clássico.

O acúmulo de gols perdidos pelo ataque, tem prejudicado o Botafogo na luta para se afastar da zona de rebaixamento. Para o técnico Vagner Mancini, o ataque alvinegro tem sofrido com o nervosismo, que para o treinador, é fator essencial para as inúmeras chances não aproveitadas pelo time durante os jogos:

- Eu acho que falta um pouco de tranquilidade e em alguns casos, uma técnica um pouco mais refinada nas finalizações. A falta de pontaria , as vezes se da pelo aspecto emocional e as vezes pelo aspecto técnico. Acho que as duas coisas acontecem hoje no Botafogo - disse o treinador.

Ataque alvinegro vem perdendo muitos gols durante as partidas.
Apesar de não estar entre os piores ataques do Brasileirão, o técnico alvinegro reconhece que o ataque precisa melhorar nas próximas rodadas e deu a receita para um melhor aproveitamento das chances criadas:

- Nós temos um time bom, mas que em determinados momentos tem uma carência e infelizmente, temos que lidar com isso. A gente tem que ter a visão nítida disso e tentar melhorar o aspecto técnico, e tentar passar calma aos atletas - finalizou Mancini.

Criado dia 29/07/2014, às 20:56.

Faixa de protesto, mais uma vez deixa diretoria alvinegra má exposta

Com protestos,  jogadores expõem publicamente diretoria do clube

Por: Bruno Souza.

A faixa de protesto que foi exibida pelos jogadores alvinegros, na entrada do time em campo na partida contra o Flamengo, foi apenas mais um capítulo de uma situação que já virou rotina no Botafogo em 2014: jogadores protestando publicamente, pela falta de pagamentos.

O protesto no jogo de ontem, foi mais um, entre os vários protestos públicos feito pelos jogadores alvinegros, desde o início da temporada. Antes de exibirem a faixa de protesto, os jogadores já haviam feito outros diferentes tipos de protestos, entre eles, estão a recusa em se concentrar antes das partidas do clube, a não participação nos primeiros minutos de um treino e mais recentemente, a recusa em viajar para disputar um amistoso na Paraíba.

Faixa de protesto foi mais um dos vários que vem ocorrendo na temporada.        Foto: Marcello Dias.
A insatisfação do elenco com a situação que enfrentam no clube, é maior a cada mês de salário não recebido. Após o presidente Maurício Assumpção prometer que resolveria a situação salarial do time até o final da Copa e não cumprir a promessa, a insatisfação dos jogadores aumentou ainda mais, culminando com a faixa exibida no domingo.

O presidente do clube, se defende dizendo estar de mãos atadas, por conta dos bloqueios das verbas do clube na justiça, o que impede o clube de pagar os salários dos atletas em dia. Assumpção espera que com a aprovação do Proforte, o clube consiga a liberação de suas verbas, para honrar seus compromissos.

Criado dia 28/07/2014, às 21:56.

Após derrota, jogadores pensam no próximo jogo

Com poucas palavras,  jogadores focam na próxima partida do Botafogo

Por: Bruno Souza

Depois de perderem por 1x0 no clássico de ontem, contra a equipe do Flamengo, a maioria dos jogadores alvinegros preferiu o silêncio na saída de campo e os poucos que falaram, foram curtos em suas palavras. Foi o caso do volante Gabriel, que preferiu pensar na próxima partida:

- Infelizmente não deu pra vencermos. Agora é trabalhar para o próximo jogo - disse o volante do Botafogo.

Outro jogador do glorioso que utilizou poucas palavras para falar sobre o resultado de ontem, foi o zagueiro Bolívar. Visivelmente contrariado por ver o Botafogo mais uma vez sair de campo derrotado, Bolívar também preferiu ser sucinto em suas palavras:

- Agora é levantar a cabeça e pensar no próximo jogo - resumiu o zagueiro alvinegro.

Bolívar já pensa na próxima partida.       Foto: Roberto Filho.
O próximo compromisso do Botafogo, é contra o Cruzeiro, no sábado, pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro.

Criado dia 28/07/2014, às 10:00.

Por atraso na documentação, atacante não poderá jogar diante do Flamengo

O atacante Rogério, contratado pelo Botafogo junto ao Náutico, não irá poder fazer a sua estreia pelo Botafogo, neste domingo, diante do Flamengo.

Tudo isso porque a documentação do jogador atrasou, e com isso, não foi registrado a tempo. A estreia do atacante ficará para o próximo sábado, diante do Cruzeiro.



Por: Igor Melo

Mancini fala em "entregar a alma" para vencer no domingo

Vitória pode ser início de arrancada do clube no Brasileirão

Por: Bruno Souza

Um triunfo no clássico de amanhã contra o Flamengo, pode representar para o Botafogo, muito mais do que uma vitória em cima do maior rival, mas também o início de uma sequência positiva do clube no Brasileirão, ao menos é o que vislumbra o técnico Vagner Mancini.

Mancini quer entrega total no clássico de amanhã.        Foto: Roberto Filho.
Tentando engrenar sua primeira sequência de vitórias no comando do Botafogo, o técnico considera fundamental uma vitória sobre o rival que atravessa péssima fase na temporada, para conseguir iniciar uma sequência de triunfos. Para tanto, Mancini falou até em "entregar alma" em campo, para o Botafogo sair vitorioso do jogo:

- Nos temos que vencer a partida. é um clássico e a gente respeita muito o Flamengo. Mas acima de tudo, a gente tem que entregar a alma se for necessário, para o Botafogo sair vencedor, pois é um jogo que pode alavancar uma sequência de vitórias para nós - salientou Mancini.

A contra o Flamengo, será o primeiro clássico disputado pelo treinador, desde a sua chegada ao clube que aconteceu a pouco mais de três meses.

Criado dia 26/07/2014, às 10:00.